Por eventos mais inovadores e sustentáveis!

Por que falar de inovação e sustentabilidade de eventos?

Simples, estes são dois tópicos que aparecem em vários estudos e relatórios sobre os maiores desafios dos organizadores de eventos e treinamentos da Internet!

Todos queremos eventos mais sustentáveis e inovadores!

 

 

A inovação, a modernização e a transformação digital dos eventos, especificamente é talvez um dos itens mais citados nos estudos.

A melhoria da experiência dos eventos para atender as expectativas das novas gerações super conectadas é também um dos maiores desafios dos organizadores de eventos da atualidade.

Além da inovação e modernização, a questão da sustentabilidade também é muito importante. Você certamente percebe a quantidade de lixo que é gerado nos eventos.

A quantidade de papel que a gente gera e joga fora é uma coisa absurda.

O material impresso que nós geramos para entregar para as pessoas que vão aos eventos e a efetividade desse material que é entregue é algo muito questionável.

Certamente você também pega alguns destes materiais impressos, consome o conteúdo presente neles e rapidamente o descarta.

Isso lota as lixeiras e os caminhões de recolhimento das cidades onde os eventos acontecem.

Existe portanto a preocupação em fazer eventos cada vez mais clean, cada vez mais sustentáveis, zero paper ou minimal paper  

Quanto menos o organizador de eventos tiver que imprimir, carregar e gerenciar material, melhor! E quando sobra e temos que levar esse material todo de volta para “casa”!

Então os eventos Smart que criamos e que entendemos que são realmente inteligentes, estes também devem gerar muito menos movimentação de material, muito menos lixo e isso é ser sustentável.

Isso é ser também um evento Smart.

E vocês vão ver nesse artigo que ser inovador e sustentável tem tudo a ver com o nascimento do Midiacode!

Nossa plataforma já nasceu com um propósito bem claro: tornar os eventos e treinamentos mais inteligentes, mais smart!

Como nasceu a idéia do Midiacode?

Nas apresentações que fazemos para clientes essa pergunta é sempre recorrente.

O Midiacode é uma plataforma de transformação digital de eventos, treinamentos e ambientes SMART.

Nossa experiência é bem distinta de outros eventuais concorrentes, como os apps de eventos, por exemplo, ou os sistemas de gestão de conteúdos (CMS) comuns.

As pessoas acham tão diferente e inovadora a experiência e, assim, sempre mandam a pergunta: como surgiu a idéia do Midiacode?

Mas, se você não conhece exatamente a diferença, vou deixar para o final deste artigo, assim você terá a chance de entender a plataforma a partir da necessidade real, da dor que eu tinha e como procurei resolvê-la.

Bem, pra quem não me conhece também, sou Robson Lisboa e lidero a equipe de desenvolvimento de negócios do Midiacode.

 

Era uma vez…

Tudo começou há cerca de 16 anos. Eu trabalhava na Nokia e ia praticamente todos os anos para o maior evento de telefonia do mundo, o GSMA Mobile World Congress, em Barcelona. Em alguns anos eu levava até alguns membros da minha equipe.

Para se ter idéia do tamanho do evento, em 2019 ele terá 2400 expositores, mais de 7700 CEO’s, mais de 107000 participantes e mais de 3500 especialistas da mídia internacional e analistas.

Naquela época, esse evento já era bem grande e, ao visitar tantos expositores e ver algumas das apresentações, eu voltava todos os dias para o hotel em Barcelona com a mochila pesada, mais duas sacolas com brochuras, folders e material do evento. Tá bom, alguns brindes também!

A cada dia eu fazia um filtro de que materiais realmente mereceriam espaço na minha bagagem de volta para o Brasil.

Mesmo com todo o filtro, ao final do evento ainda sobrava uma pilha com um palmo de altura. Muito papel significava muitos quilos a mais na minha bagagem.

Além disso, no finalzinho mesmo, no último dia, eu ia numa loja de vinhos (Vila Viniteca) e comprava algumas garrafas e estas iriam disputar espaço na minha bagagem de volta também.

E eu tinha que decidir se levava os vinhos ou a pilha de papéis do evento. Não tinha espaço para os dois!

O vinho ganhava!

Com a vitória das garrafas de vinho, eu tinha que deixar muitas das brochuras pra trás e trazia para o Brasil basicamente só o catálogo do evento.

Mas, já no Brasil, na minha mesa de escritório, meses após o evento, quando eu precisava de algumas das informações que havia coletado nele, aí sentia falta de muita coisa. Sentia falta de muita informação que estava naquela pilha de papéis que deixei pra trás.

Isso me prejudicava muito quando tinha que gerar o relatório sobre as coisas mais interessantes e importantes do evento para a Nokia do Brasil. Também quando precisava achar um parceiro de tecnologia, para mobile payment, por exemplo, ficava bem mais difícil de selecionar, pois toda a informação que eu havia tentado coletar, ficara para trás.

Isso não acontece só comigo. As pessoas não querem mais carregar papel.

A participação nos eventos é e continuará sendo muito importante, pois nele, os players principais do mercado geralmente estão presentes. As informações que trazem, as apresentações que fazem, os conteúdos que entregam são super importante para todos que comparecem aos eventos!

 

Meu dilema naqueles dias era: como capturar facilmente o conteúdo do evento que me interessava e acessar as informações quando e onde quiser?!

 

Eu pensava: alguém deve ter inventado alguma coisa que resolva isso, mas não encontrei nada! O aplicativo do evento basicamente mostrava a programação, alguma interação com as pessoas, lista de expositores. Sempre que buscava informação no app, ficava frustrado.

Daí que eu pensei, se ninguém inventou isso ainda, eu o farei.

Fiquei uns 10 anos investigando se esse problema realmente existe, quais tecnologias poderiam ser usadas para resolvê-lo e se alguém estaria trabalhando em algum projeto para isso.

Ao sair da Nokia trabalhei em projetos de inovação para a Vale, junto com a InnovareLab, e rapidamente entrei na Samsung para cuidar de Conteúdos e Serviços. Lá vou eu de novo para o Mobile World Congress sofrer as mesmas dificuldades.

Ao sair da Samsung, cinco anos depois, chegou o tempo de criar a solução. Chamei alguns grandes gênios do desenvolvimento e do design que conhecia e estudamos um projeto para desenvolvermos juntos. Esse que resolvia o problema de aquisição e coleção de conteúdos em eventos ganhou disparado das outras opções.

Assim começamos a desenvolver o Midiacode com foco em duas coisas:

  1. Inovar a experiência das pessoas na aquisição de conteúdos de eventos, tanto as palestras, quanto os impressos, estudos , etc
  2. Fazer o possível para tornar os eventos mais sustentáveis e smart.

 

Um coisa que nos perguntávamos era qual seria a melhor experiência com um evento que um cidadão conectado e digital do século 21 poderia ter?

A resposta foi:

  • a pessoa anda por toda a área dos estandes de expositores e não pega nenhum papel, mas captura as brochuras de ofertas de produtos ou serviços que mais fizerem sentido para ele.
  • ao capturar todo esse conteúdo, nenhum ou pouquíssimo espaço na memória do seu celular é usado.
  • ao capturar, não importa se ele tem acesso à web (wifi, 3G, 4G, etc) ou não, ele tem certeza que as capturas aconteceram.
  • ao entrar nas áreas de palestras, ele não precisa ficar fotografando slides, basta apontar seu smartphone para a tela que toda a apresentação é capturada na hora, em alta resolução, bem como o contato da empresa que está apresentando.

Resumo, a pessoa entra no evento com seu smartphone, não carrega nenhum papel e sai com todo o conteúdo organizado em seu smartphone e na nuvem, por apresentação, por expositor. Nenhum peso a mais na sua bagagem, praticamente nenhum byte a mais em seu smartphone, mas todo o conteúdo que o interessou disponível para ele facilmente.

Isso é importante: tudo que ele viu e assistiu e que não o interessou não é capturado e, portanto, não ocupa espaço na vida dele, nem na tela do aplicativo.

Somente o que realmente faz sentido para ele e para seu desempenho profissional é que fica guardado em sua biblioteca de conteúdos.

Depois acrescentamos outras coisas como o Mapa interativo, Canais de conteúdo, Geolocalização, Programação SMART, dentre outros.

Assim chegamos à conclusão que temos trabalhado no desenvolvimento de uma solução que realmente transforma eventos e treinamentos, ajudando as pessoas a acessar os conteúdos que fazem sentido para elas mesmo meses após seu acontecimento. Também estamos ajudando as empresas a fazerem eventos cada vez mais inovadores e sustentáveis.

Eventos inteligentes, eventos SMART.

 

Gostou do artigo? Capture-o com o código abaixo e compartilhe com seus amigos!

QR Code 1